GameJam Brasil

Esse fim de semana eu participei do Game Jam Brasil, um evento que incentiva a produção de jogos educativos para o XO (laptop do OLPC). Foi muito bom, o pessoal que foi era gente finíssima, foi um prazer enorme participar.

O evento era de graça e a organização foi muito boa! Tinha muita comida boa, o pessoal da organização era muito prestativo, ajudaram com o artwork e dicas gerais sobre o XO e Pygame, as máquinas na UFSCar estavam a nossa disposição, com senha de root e tudo, rede wifi para os notebooks, certificados. Até sala e colchão para dormir dentro da campus eles arrumaram! Perfeito, estão todos de parabéns.

O nosso jogo ficou bem simples mas muitas crianças se divertiram, o que me deixou bastante contente. Eu estava muito enferrujado com o Pygame e o Felipe Tonello (gente finíssima por sinal, além de manjar horrores de PHP) nunca tinha mexido. Estavamos lá só pra nos divertir, conhecer o pessoal e aprender um pouco sobre o XO.

Fizeram um clone do The Incredible Machine fenomenal! Ah, como eu queria que aquele jogo ganhasse.

O vencedor foi um clone de Pong. Clássico é clássico, Pong é demais mesmo.

Para mim, o mais impressionante foi ver a quantidade de pessoas varando a noite para desenvolver o jogo. Pelo menos 50% das pessoas passaram umas 30 horas sem dormir. Impressionante.

Os jogos podem ser baixados no site do Game Jam Brasil. Tem umas fotos no flickr também.

Março tem mais uma, agora é ir estudando pygame/pygsear/pyglet para detonar na próxima.

O Matz também gosta do Python

O Matz também gosta de Python

Essa é para os que acham que Python e Ruby são inimigos.

Publicado em Python, Ruby. Tags: , . 1 Comment »